FavoriteLoadingAdd to favorites

Elegia Do Desejo

written by: Léa Ferro

@leaferro

 

Das cousas infindas que te trajam mulher,
Está este teu céu de estrelas e raios
Que aquece a noite muito escura e fria.

Está tua voz que eclode em meu peito
Quando riscas em mim teus dedos lisonjeiros
E me atravessas os desejos.

Está a entrega, na súplica amorosa,
Onde transcrevo-te na madrugada ininterrupta
E nos moldamos em mãos e bocas e pele e carne.

Está o riso quando teço versos e rimas tempestades
Co’a mesma fome ávida que te sustenta
E que te transcende o líquido ventre.

Está a palavra calada pelo sussurro
Quando os lábios alcançam cometas
E um orgasmo fecunda poemas ilibados.

Léa Ferro

Léa Ferro

Léa Ferro - 1978. SP/Brasil.É Membro Imortal Correspondente da Academia Luminescência Brasileira/Araraquara/SP, e Embaixadora e Comendadora Imortal da Academia de Letras, Artes e Cultura/Casimiro de Abreu/Embaixada da Poesia/RJ. É autora do livro de Poesias Sortimentos: Prosa & Poesia, da Darda Editora. Participou de Coletâneas pelas editoras Illuminare, Dardae Futurama.
Léa Ferro

Latest posts by Léa Ferro (see all)

Read previous post:
Bright Eyes And Dark Skies by Gray Skies at Spillwords.com
Bright Eyes And Dark Skies

Bright Eyes and Dark Skies written by: Gray Skies @seattlegray03   I dreamt of you last night, here in my...

Close