When My Violin Lost Me... poetry by J. Maciel Costa at Spillwords.com
Alireza Nazari

When My Violin Lost Me…

When My Violin Lost Me…

written by: J. Maciel Costa

 

Em morte aparente
Sob colgadura de veludo
Dorme em leito de pau-rosa
Quieto num sonho de amor
Do som que já teve;
Parecendo
Esquecido, envelhecido.

O meu violino.
Recorda horas de encanto
Das suas cordas em canto
Soando na carícia
Na curva dos seus quadris,
O mover do arco acarinhando o peito
Tangendo a sua alma.

Mas um dia veio
Um temporal doente chegou.
A cortina…. baixou.

Um dia
Perdi a memória do gesto
O automatismo nascido
Dos dias dos abraços
Do tempo do tom certo
Da melodia.

Um grito aflito
Prenuncia a morte do terno refrão,
Saíram as cordas do meu coração
E nunca mais me foi pedido um bis

Dorme agora em cama de pau-rosa
Em veludilho vermelho.

Antigo, sem mim
esquecido.

Latest posts by J. Maciel Costa (see all)