• Rate this poetry
5
Sending
User Review
4.86 (7 votes)

Mais Que Presentes

written by: Silvana McGuire

 

Papai Noel aqui vem é de charrete, puxada pelas mulas e os burros mais dóceis que já se viu. Ele vem de camiseta e boné na cabeça, que o sol gente mata gente, plantação e sonhos.

Papai Noel renova a fé, que esta seca vai se acabar, que este mundo vai mudar, que esta criança vai sarar.

A charrete, meio lenta, uma roda meio capenga, o sorriso sem um dente, e aqui a gente, olhando ele passar, pensa:

Que o Natal traga sempre muito mais que presentes, presença.

Que nossa fé e paciência transformem o mundo, derrame bençãos, espalhe sementes, elimine tristezas, alivie os doentes, faça brilhar belezas.

Que Natal sem estrela, é anjo caído, partido.

Enquanto criança sorrindo é legião se alçando, música chegando aos ouvidos dos céus, prá cá voltando em gotas santas.

A seca, se acabando.

Silvana McGuire

Silvana McGuire

Silvana McGuire é uma escritora de contos em prosa e verso. Seu trabalho foi publicado por Spillwords e várias outras revistas online. Outras de suas estórias e versos estão publicadas em livros distribuídos pela Clarendon House Publication.
Silvana McGuire

Latest posts by Silvana McGuire (see all)

Read previous post:
Home For The Holidays, commentary by Michael Natt at Spillwords.com
Home For The Holidays

Home For The Holidays written by: Michael Natt   I grew up in a predominantly Jewish area of New York...

Close